Blog
12

set

2017

Narrativa visual para questões socioambientais

O infográfico e a história em quadrinho se encontram nas mídias sociais

Ilustração e conteúdo socioambiental na narrativa do Forestcomics (Imagem: William Jungmann/ Forest)

Ilustração e conteúdo socioambiental na narrativa do Forestcomics (Imagem: William Jungmann/ Forest)

Peças, parafusos e certa desesperança se espalham pelo chão. Quem nunca enfrentou o pesadelo de montar uma simples estante? Mesmo quando as instruções estão escritas em português, as explicações podem ser confusas e causar dor de cabeça. “Fixar a prateleira X7 na base C15.” Com um guia ilustrado, tudo fica mais fácil. Algumas figuras são a chave para desvendar o segredo da instalação de um móvel ou equipamento eletrônico. Afinal, muitas vezes o texto sozinho não é a linguagem adequada para demonstrar certas situações.

Nas mídias sociais, a Forest explora elementos visuais em webcards, infográficos e gifs animados. Aos poucos, um novo produto da agência vem à tona: o Forestcomics. A narrativa ilustrada é um manual para questões socioambientais. Promovendo o encontro entre as histórias em quadrinhos e os infográficos, o Forestcomics responde a perguntas como: “Se a água não sai do planeta, como ela pode acabar?” e “Sussa significa apenas tudo ótimo?”. Dados estatísticos e conceitos complexos são traduzidos para uma linguagem simples e envolvente.

Nos jornais e revistas, os infográficos ajudam a compreender o aquecimento global e ilustram a prevenção contra a dengue. As peças são uma ferramenta do jornalismo visual, que combina texto e imagens para explicar um fato ou uma pesquisa quando as palavras não bastam. Fora do convencional, a compreensão é facilitada com conteúdo direto e de fácil acesso. As histórias em quadrinhos são parecidas. Elas comunicam ideias e histórias por meio de uma linguagem que mistura palavras e imagens, mas fazem isso no espaço delimitado de quadros. A narrativa, que pode variar entre diversos gêneros e estilos, é fragmentada em uma sequência de quadros, que marcam a passagem do tempo e englobam os ícones e ideias fundamentais para a compreensão do todo.

Os dois formatos usam elementos parecidos em linguagens diferentes, mas se aproveitam da mesma característica do ser humano para transmitir suas mensagens: o aspecto visual. Ainda temos o hábito de armazenar o nosso conhecimento de modo verbal. Mas a nossa memória e a principal maneira como compreendemos o mundo é visual. Quando crianças, aprendemos as palavras com a ajuda de ilustrações. Você lembra dos animais ilustrados que acompanhavam as letras e os números? Ao entrar na escola, as principais atividades envolvem desenhos e a identificação de figuras. Só mais tarde a escrita se torna parte central da aprendizagem.

Com as mídias sociais, recuperamos intuitivamente o desejo de contar histórias com imagens. Acompanhe a Forest e se delicie com as nossas ilustrações:

Imagem: Renato Moll/ Forest)

Imagem: Renato Moll/ Forest)

 

Imagem: William Jungmann/ Forest

Imagem: William Jungmann/ Forest

 

Imagem: Renato Moll/ Forest

Imagem: Renato Moll/ Forest

Deixe uma resposta

Todos os direitos reservados Forest Comunicação 2017
Tree Pixel Agência Digital
Associação Brasileira das Agências de Comunicação